CONSULTE NOSSA AGENDA
 
 
Clientes Difíceis, Atendentes Surtados
Deu a Louca na Equipe de Atendimento
12/06/2018 - 20:00

 

Data: 12/06/2018 - 20:00
Local: Teatro União Cultural
Rua Mario Amaral, 209 - Paraíso - Próximo ao Metrô Brigadeiro
Investimento: R$ 60,00 para pagto até 05/06/2018
(Após 05/06/2018 - R$ 90,00)
Descontos para grupos:
A partir de 10 pessoas 10% de desconto
A partir de 20 pessoas 15% de desconto
A partir de 30 pessoas 20% de desconto

Clientes Difíceis, Atendentes Surtados

Deu a Louca no Atendimento ao Cliente.

 

Uma comédia sobre superação e mudança de comportamento com clientes difíceis.

Atendentes com transtorno de ansiedade atendendo clientes críticos e exigentes.
Atendimento técnico de um profissional arrogante com um cliente que acha que sabe mais
Uma coordenadora de atendimento deprimida tendo que lidar com clientes irritados e apressados.
Um atendente que não controla a raiva tendo que atender clientes dominadores.
Será que pessoas com problemas emocionais e comportamentais podem aprender a lidar com clientes difíceis e situações estressantes?

Este é o ponto de partida para a mais nova comédia sobre atendimento ao cliente da Central Paulista de Produções, com mais de 20 anos de experiência, diversos espetáculos de repertório e feitos sob medida para clientes como Mapfre, SAP, Santander, Rede Globo e Votorantim.

Objetivos

- Preparar a mente, emoção e comportamento do profissional para atender clientes difíceis.

Público Alvo

Profissionais de Atendimento Pessoal e Telefônico.

Sinopse

Uma comédia sobre como pensamentos, sentimentos e comportamentos do profissional de atendimento podem ajudar ou atrapalhar o atendimento a clientes difíceis.
Durante uma sessão do Grupo de Apoio a Atendentes Surtados, quatro profissionais avaliam as razões que os levaram a perder o controle com seus clientes, afetando sua carreira e saúde emocional.
Kim Novaes é uma atendente com transtorno de ansiedade e TOC, o que a deixa muito insegura no atendimento a clientes críticos, questionadores e agressivos. Ao atender um cliente exaltado, Kim tem um ataque de pânico.
Durante a sessão de terapia, Kim reavalia a forma com que pensa sobre si, os clientes e a empresa, identificando fatores geradores de insegurança e aprendendo a lidar com eles. Por fim, Kim conclui o treinamento atendendo seu cliente mais crítico e exaltado.
Diego Grande é um profissional de atendimento técnico arrogante com colegas e clientes inseguros e afetivos. Ao se confrontar com um cliente também arrogante, a disputa entre os dois traz prejuízo para a empresa e um processo na justiça.
Na terapia em grupo, Diego avalia as distorções de pensamento que dificultam seu comportamento com os clientes: generalizações, leitura de mente, pressuposições, preconceitos, previsões equivocadas, etc. Na conclusão, Diego Grande negocia uma solução com seu cliente arrogante.
Maria das Dores é uma encarregada de atendimento com depressão após a separação conjugal, que assume comportamento evasivo e protelatório na resolução de problemas. E diante de clientes apressados, impacientes e agressivos, ela gera problemas em série, assumindo postura negativa e não profissional.
Na terapia, Maria das Dores é confrontada com seus pensamentos exageradamente negativos e baixa auto-estima. Conseguindo reformular sua auto imagem e com pensamentos mais positivos, Maria atende um cliente altamente negativo e impaciente.
E por fim temos Arésio Hulk, um profissional de atendimento que não consegue controlar a sua raiva, especialmente com clientes distraídos, arrogantes e agressivos. Ao atender um cliente igualmente exaltado e dominador, Arésio perde o controle e fica permanentemente alterado.
No grupo terapêutico, Hulk é treinado em técnicas de gerenciamento da raiva. E sua prova final é atender um cliente poderoso e dominador.
De maneira divertida, o público de atendimento é convidado a refletir sobre como se preparar para enfrentar clientes difíceis.

Conteúdo

- Como a forma com que o atendente pensa sobre si, os clientes e a empresa pode ajudar ou atrapalhar no atendimento aos clientes, especialmente os difíceis.
- Como prevenir e transformar comportamentos inadequados no atendimento tais como apatia, agressividade, confusão, arrogância, atitude defensiva e evasiva, protelação e falta de objetividade.
- Como se comportar diante de clientes críticos, céticos, agressivos, exaltados, afetuosos, inseguros, defensivos, prolixos e tímidos.
- Técnicas de superação de bloqueios emocionais e mudança comportamental no atendimento.
- Como manter a saúde emocional mesmo sob pressão no atendimento.
- Profissionalismo no atendimento.
Carga Horária: 75 minutos
Elenco: Cleber Tolini Taís Cabral
Ficha Técnica:
Diretor de Teatro:   Djalma de Lima
Autor:   André Tadeu

 

 

 


 

 

 

Informações e Inscrições:
Email: atendimento@centralpaulista.com

Fones: 011 - 4505-7890 / 99170-2720

 

 
 
Fechar